Skip to main content
European School Education Platform
Practice article

Reforçar o envolvimento dos alunos nas STEAM

A abordagem integrada de aprendizagem STEAM conjuga as artes com as STEM (ciências, tecnologia, engenharia e matemática) and utiliza-as como ponto de acesso para orientar a investigação, a criatividade e a resolução dos problemas dos alunos. Esta abordagem interdisciplinar promove a aprendizagem inclusiva de género, incentivando as raparigas a explorar tópicos científicos e tornando as artes mais atrativas para os rapazes.
teacher explaining robotics to students
Adobe Stock/Monkey Business

Continue a ler para descobrir uma seleção de projetos financiados pela UE que mostram como ensinar as STEAM de uma forma interativa e envolvente.

 

Envolver os alunos nas STEAM

 

O projeto Steam Builders (disponível em inglês) é um projeto em curso que visa envolver os alunos em atividades STEAM por meio de uma série de métodos de ensino interdisciplinares. O projeto dá prioridade a situações concretas da vida em detrimento da aprendizagem puramente teórica como forma de envolver os alunos no tema. Tem desenvolvido recursos pedagógicos que utilizam o património histórico para explicar e contextualizar conceitos matemáticos e científicos. Os resultados do projeto até agora incluem um guia pedagógico, uma brochura em ensino não formal das STEAM e materiais didáticos para ajudar os professores a implementar uma abordagem transdisciplinar.

 

O projeto ArtIST (disponível em inglês) tem como objetivo desenvolver programas multidisciplinares que conjugam as artes e a tecnologia, competências técnicas e sociais (‘hard’ e ‘soft skills), e formação em matéria comercial e empresarial. Mais concretamente, concebe e implementa módulos de nível de mestrado que integram as artes no ensino da inovação, empreendedorismo e ciências. Ao acrescentar este elemento criativo, ajuda a modernizar o ensino das disciplinas STEM e melhora as capacidades de resolução de problemas, de pensamento crítico e de comunicação dos alunos. A sua estrutura modular flexível permite aos professores e alunos misturar e combinar os módulos STEAM com base nas suas necessidades e interesses. O projeto produziu um conjunto de materiais didáticos abrangentes para facilitar a implementação deste programa.

 

 

 

 

A Europeana (disponível em inglês) é uma plataforma em linha que fornece acesso digital a conteúdos sobre o património cultural europeu sobre uma variedade de temas e tópicos. Os utilizadores têm acesso gratuito a recursos tais como obras de arte, livros, música, vídeos e jornais, os quais podem ser utilizados para enriquecer a aprendizagem das STEM. O Blogue Ensinar com a Europeana (disponível em inglês) é também um recurso valioso onde os professores podem trocar planos de aula e partilhar as suas dicas e opiniões. A Europeana tem um espaço dedicado (disponível em inglês) a cenários de aprendizagem STEAM que contém planos de aulas detalhados e atividades sobre como integrar o património cultural digital nas disciplinas STEM, tais como matemática.

 

 

 

 

O projeto IN2STEAM foi desenvolvido pelo CESIE (Centro Europeu de Estudos e Iniciativas) com o objetivo de inspirar as crianças do ensino primário, com enfoque nas raparigas, a prosseguirem carreiras nas áreas STEM. O projeto dota os professores das competências necessárias para ensinar os conceitos STEAM a nível da escola primária. Um tema comum nestes projetos é o desenvolvimento da criatividade dos alunos, do pensamento crítico e das competências de resolução de problemas. Estas são competências que irão complementar as suas capacidades técnicas e prepará-los para o mundo do trabalho do século XXI. O projeto dá prioridade a métodos e recursos de inclusão de género para atrair jovens raparigas para as disciplinas STEM, uma vez que as mulheres ainda estão sub-representadas em carreiras das áreas STEM. Os recursos incluem módulos de formação em linha e orientações para os professores introduzirem eficazmente abordagens STEAM nas suas salas de aula.

 

 

 

Investir em educadores

 

O projeto STEAMonEdu (disponível em inglês) visa reforçar a adoção e o impacto do ensino STEAM, investindo no desenvolvimento profissional dos educadores. O projeto apoia professores quer através de programas de formação mista, ou através através da sua participação numa comunidade de interessados que podem trocar experiências e partilhar as melhores práticas uns com os outros. Entre os resultados do projeto incluem-se um manual de formação para professores, um guia de práticas educativas STEAM e um quadro de competências para educadores STEAM.

 

O projeto STE(A)M IT (disponível em inglês) é a primeira estrutura STEM integrada da Europa que promove abordagens inovadoras e interdisciplinares ao ensino STEAM. Fornece programas de formação, ferramentas e orientações para professores do ensino primário e secundário, juntamente com uma rede de conselheiros de carreira a nível da UE, para os ajudar a promover empregos nos campos STEM. Defende uma abordagem interdisciplinar do ensino das disciplinas STEM, a fim de fomentar o interesse dos estudantes em cursos e carreiras nestes campos.

 

Additional information

  • Evidence:
    N/A
  • Funding source:
    European Union
  • Intervention level:
    N/A
  • Intervention intensity:
    N/A
  • Participating countries:
    Belgium
    France
    Germany
    Italy
  • Target audience:
    Head Teacher / Principal
    Student Teacher
    Teacher
    Teacher Educator
  • Target audience ISCED:
    Primary education (ISCED 1)
    Lower secondary education (ISCED 2)
    Upper secondary education (ISCED 3)

Tags

Digital competence
Science